NPD 024. UM EXEMPLO PARA OS RÁBIDOS PLANALTINOS


Excelente presente para quem gosta de História Política:
O FATOR CHURCHILL – COMO UM HOMEM FEZ HISTÓRIA
Boris Johnson
SP, Planeta, 2015, 462 p.
O autor foi prefeito de Londres, elegendo como principal qualidade de Churchill “a largueza de coração”.
SUMÁRIO: Introdução – um cão chamado Churchill; 1. A oferta de Hitler; 2. O Universo sem Churchill; 3. O elefante separado da manada; 4. O fator Randolph; 5. Não há ato ousado demais ou nobre demais; 6. O grande ditador; 7. Ele mobilizou a língua inglesa; 8. Um coração humano de verdade; 9. Minha querida Clementine; 10. A fabricação de John Bull; 11. O mais avançado político de sua era; 12. Não há glória na carnificina; 13. Os navios que andavam; 14. O motor mental de 100 cavalos-vapor; 15. Jogando roleta com a história; 16. Uma crueldade gélida; 17. Seduzindo os Estados Unidos; 18. O gigante da ilha encolhida; 19. A guerra fria e como ele a venceu; 20. Churchill, o europeu; 21. O criador do Oriente Médio moderno; 22. O significado de seu nome hoje; 23. O fator Churchill; Cronologia dos eventos
Opinião de uma mente competente:
“Johnson escreveu um maravilhoso livro sobre um homem realmente excepcional. Seus defeitos eram muitos e veniais, mas sua inteligência, grandeza e perseverança eram infinitas e capitais. Churchill foi, antes de tudo, um exemplar de honra à humanidade”
(Antônio Delfim Netto, economista)