facebook
Aumentar fonte  Diminuir fonte  Indicar esta página  Imprimir esta página
NASRUDIN PARA ANTENADOS
Vez por outra, ouso recomendar para abiscoitados alguns textos que podem possibilitar a recuperação comportamental deles, para fazer frente aos atuais instantes históricos, de múltiplas facetas e inúmeras presepadas, do Congresso Nacional inclusive, como aquela que tencionava impor mordaças na Imprensa. Dinossáurica iniciativa.
Dentre as indicações destinadas para os que possuem uma inteligência acima da MGA – Média Geral de Abilolamento, uma coletânea de “causos” acontecidos com o mulá Nasrudim pode ser o melhor dos remédios. Ela se baseia na reflexão estabelecida por Rumi Mathnawi: “As piadas ensinam: escute-as seriamente, não fique com sua aparência de piada. Para o piadista, todo assunto sério é uma piada. Para os sábios, todas as piadas são sérias”.
Mestre Nasrudin é considerado um dos mais famosos sufis de todos os tempos. O sufismo, para os que ainda não estão ligados, é uma forma de misticismo e ascetismo islâmico, caracterizado por crença de fundo panteísta, tendo sido bastante influenciado pelo hinduísmo, budismo e cristianismo. Sobre a trajetória terrestre de Nasrudin, não se sabe quase nada, nem onde nasceu, nem onde viveu, nem quando partiu, embora suas mensagens até hoje sirvam de alicerces filosofais para a correção existencial de hesitantes.
 A coleção de “contos”, mais de uma centena, foi publicada sob título Nasrudin – 99 Contos, editora Caravana de Livros, 2009. Através de uma seleção criteriosa feita por Felipe Varella, pode-se usufruir um efeito pra lá de bom demais. O efeito místico da leitura de sete contos de Nasrudin é o bastante para preparar qualquer ser humano para uma iluminação inicial, que muito ampliará a binoculização dos seus amanhãs. Como nos ensina Sementes de Amanhã, do saudoso Gonzaguinha.
 As historietas abaixo servem de petisco para os que desejarem usufruir a sabedoria do famoso mulá.
1. Recebendo um pedido de orientação: - Como é a sua casa por dentro?; - Bonita, mulá, mas não entra sol; - Não há sol em algum lugar próximo?; - No jardim, mulá, há sol; - Então, por que não muda sua casa para o jardim?
2. Na praça do mercado, Nasrudin disse para a multidão: - Ô povo! Querem o conhecimento sem dificuldades, a verdade sem falsidade, a vitória sem esforços, o progresso sem sacrifício? A patuleia em peso urrou em uníssono: - Sim, queremos !! - Excelente!, disse o mulá. E emendou: - Eu só queria saber. Podem estar seguros de que, se algum dia descobrir algo semelhante, os farei saber.
 3. Ouvindo uma fofoqueira: - Mulá, sua mulher está fora de casa toda hora. Está sempre visitando as outras casas da vizinhança. - Não acredito nisso, pois se assim fosse, em algum momento ela visitaria nossa casa.
 4. Gabava-se Nasrudin, numa casa de chá: - Sou capaz de ver na escuridão! - Se é assim, indagou um curioso, por que o vemos algumas noites levando uma lanterna pelas ruas? - É só para que os outros não tropecem em mim, rebateu o mulá.
 5. Sua mulher, ouvindo uma briga entre duas pessoas debaixo da sua varanda, pediu-lhe que fosse até lá. Envolvido num cobertor, Nasrudin desceu até os brigões, que lhe tiraram o cobertor e saíram em desabalada carreira. Voltando ao seu quarto e indagado pela esposa sobre o motivo da brigalhada, Nasrudin respondeu: - Acho que era o meu cobertor. Logo que o pegaram, foram embora.
 O livro organizado pelo Felipe Varella traz ainda, nas suas páginas últimas, um ensaio bastante ilustrativo sobre o mulá Nasrudin, de histórias conhecidas e divulgadas por todo Oriente Médio. Intitulado As Sutilezas de Mulá Nasrudin, o referido ensaio foi extraído do livro Os Sufis, de Idries Shah, com a devida permissão da Editora Pensamento-Cultrix. Sua leitura ensejará uma mais adequada compreensão da filosofia comportamental de Nasrudin, que detestava os simplórios e admirava os simples, aqueles que possuiam uma inteligência erigida sobre caminhadas jamais embromatórias. Tal e qual a percorrida pelo amado Homão da Galileia.
(Jornal do Commercio, 20.01.2010, Recife-Pernambuco)
Fernando Antônio Gonçalves

 

Site criado com o sistema Easysite Acadêmico da eCliente.
ECLIENTE INFORMÁTICA