facebook
Aumentar fonte  Diminuir fonte  Indicar esta página  Imprimir esta página
DIAS ABALADORES
Se alguém desejar conhecer dias que abalaram as estruturas mundiais, levando pânico e morte para milhões, uma publicação da Sextante proporciona informações estarrecedoras: 1001 Dias Que Abalaram o Mundo, Peter Furtado, 2009. Ela informa eventos ocorridos há mais de 13 bilhões de anos (Big-Bang) até 2009, 20 de janeiro, quando mais de dois milhões de pessoas, reunidas na esplanada de Washington, assistiram a posse de Barack Obama como primeiro negro a tomar posse como presidente da república dos EEUU, fato impossível de acontecer algumas décadas passadas.
 
Desafiando o grupo multidenominacional do qual faço parte, uma proposta foi estabelecida às vésperas dos folguedos de momo de 2015: a de se escolher os 10 dias que mais abalaram a consciência cidadã em todo o período acima citado. Durante os feriados foram eleitos 100, na Semana Santa escolhidos os 10 dias mais catapultadores da civilizações planetária, obedecida ordem cronológica crescente: 1. O Código de Hamurábi, 1760 a.C, estabelecendo o primeiro sistema jurídico da humanidade. Com isso, o rei da Babilônia favoreceu a criação de juízes profissionais, fortalecendo seu reino militar e economicamente; 2. O nascimento de Jesus de Nazaré, 6.01.4 a.C., o mais contagiante líder religioso de todos os tempos. Um menino que se tornou um poderoso pregador e curador, assassinado 30 anos mais tarde, responsável pela mais espetacular disseminação religiosa mundial; 3. O primeiro livro impresso, uma Bíblia, 1450, editado por Johann Gutenberg, na Alemanha, em 29.05.1455, uma inovação hoje comparada ao surgimento da Internet. Em 1999, a revista Time elegeu a imprensa de Gutenberg como a invenção mais importante do milênio; 4. As 95 teses de Martinho Lutero, pregadas na porta de Wittenberg, dando início à Reforma Protestante em 31.1.1517; 5. A Queda da Bastilha, 1789, 14 de julho, num movimento popular que proclamou “liberdade, igualdade e fraternidade”; 6. Invenção da vacina contra a varíola, 4.5.1796, pelo médico inglês Edward Jenner, que recebeu um prêmio de 30 mil libras do Parlamento Britânico; 7. Publicação do Manifesto Comunista, por Marx e Engels, 21.02.1848, uma análise sociológica do sistema capitalista e um chamado político à revolução; 8. Primeiras palavras transmitidas por um telefone, patenteado por Alexander Graham Bell, que acabava de celebrar aniversário de 29 anos, em 07.03.1876; 9. Teoria Especial da Relatividade, de Albert Einstein, em 30.06.1904; 10. A bomba de Hiroshima, em 06.08.45, assassinando milhares de inocentes.
 
Foram ainda ressaltados o atentado terrorista de 11.09.2001 nos EEUU, A Queda do Muro de Berlim (9.11.1989), o pisar de Neil Armstrong em solo lunar (21.07.1969), o primeiro transplante de coração, por Christian Barnard, 03.12.1967, o discurso de Luther King “Eu tenho um sonho”, em frente ao Memorial de Lincoln, em 28.08.1964.
 
Cabe ao leitor amigo eleger suas datas mais significativas na sedutora publicação.
 
(Publicada em 28.11.2015, no Jornal do Commercio, Recife, Pernambuco
Fernando Antônio Gonçalves
 

Site criado com o sistema Easysite Acadêmico da eCliente.
ECLIENTE INFORMÁTICA