facebook
Aumentar fonte  Diminuir fonte  Indicar esta página  Imprimir esta página
DERROTANDO AUSCHWITZ
Um modo de proclamar um veemente basta!! às atrocidades praticadas no planeta, é relembrar o feito de Denis Avey, nascido em Essex, 1919, veterano britânico da Segunda Guerra Mundial, mantido prisioneiro de guerra num campo próximo a Auschwitz III. Ele foi homenageado, em 22 de janeiro de 2010, em 10 Downing Street, como um dos 27 Heróis do Holocausto Britânico, com apenas um outro herói vivo, Sir Nicholas Winton, que salvou mais de setecentas crianças na Tchecoslováquia. Ambos receberam medalha de prata com a inscrição “A Serviço da Humanidade”.
 
Lamentando que os demais tenham sido condecorados postumamente, Denis relatou o que aconteceu em plena guerra: “Eu sabia que tínhamos de ser rápidos. Aguardei escondido na pequena cabana. Eu nem sequer tinha certeza de que ele viria, mas ele veio, e, assim que se curvou para entrar, tirei minha jaqueta. Ele fechou a porta diante do tumulto daquela área de construção hedionda e se livrou de seu uniforme listrado encardido. Jogou as toscas vestimentas para mim, e eu as vesti sem hesitação. Em seguida, observei-o a trajar meu uniforme de combate britânico, lançando olhares para a porta por cima de seu  ombro. Ele era um judeu holandês,e eu o conhecia como Hans. Com aquela simples troca entre nós dois, abri mão da proteção da Convenção de Genebra: eu tinha dado meu uniforme, minha tábua de salvação, minha melhor chance de  sobreviver naquele lugar pavoroso, a outro homem. Dali em diante, usando as roupas dele, eu seria tratado da mesma forma que ele vinha sendo tratado. Se eu fosse apanhado, os guardas me matariam como impostor. Sem dúvida alguma. Era meados de 1944 quando entrei em Auschwitz III por livre e espontânea vontade”.
 
Avey ingressou no exército em 1939 e lutou nas campanhas do deserto do Norte da África, na 7ª. Divisão Blindada, conhecida como os Ratos do Deserto. Prisioneira, foi transferido para um acampamento de soldados britânicos, num complexo industrial alemão perto de Auschwitz, onde foi mantido preso de 1943 a 1945. Ele se casou duas vezes e seguiu uma carreira em engenharia.
 
 
 
Em maio de In May 2009 the British Government announced the establishment of the British Hero of the Holocaust award.2009, o Governo britânico anunciou a criação da concessão do prêmio. That autumn Rob Broomby, a reporter from the BBC , who had known of Avey's story for some years, was able to trace sister Susanne in Birmingham .Naquela oportunidade, Rob Broomby, um repórter da BBC, descobriu uma gravação onde um prisioneira tinha gravado um depoimento em vídeo e mencionado Avey. Although Lobethal - now Lobet - makes no mention on the video of having swapped uniforms with Avey the documentary also included Avey's account of an exchange with an unnamed prisoner.Denis foi então recebido pelo primeiro-ministro britânico Gordon Brown, em 2010, sendo nomeado Herói do Holocausto Britânico. Na semana seguinte, ele assinou um contrato com uma editora, escrevendo com Broomby o livro O homem que venceu Auschwitz, publicado no Brasil pela Nova Fronteira, em 2011.
 
 
 
O livro é uma advertência concreta dos riscos que ameaçam qualquer sociedade, quando a intolerância e o racismo assumem o poder. Em qualquer tempo e lugar, Auschwitz nunca mais!!.
 
(Publicado em 14.02.2015, no Jornal do Commercio, Recife, Pernambuco
Fernando Antônio Gonçalves
 

Site criado com o sistema Easysite Acadêmico da eCliente.
ECLIENTE INFORMÁTICA