facebook
Aumentar fonte  Diminuir fonte  Indicar esta página  Imprimir esta página
DALILA E PECADOS DO PODER
Há alguns dias, uma editora brasileira lançou um livro especialmente destinado aos jovens, oferecendo uma bem objetiva visão da tão conhecida história do povo de Deus. De autoria de Trevor Dennis, vice-reitor da Catedral de Chester, sede do condado de Chesire, Inglaterra, O Livro dos Livros é uma muito elucidativa narrativa sobre textos possuidores de uma linguagem complexa ou de difícil compreensão. Sem livros, capítulos e versículos, o livro do Dennis se destina a todos aqueles que desejam esclarecimentos para uma série de questionamentos: Por que a Bíblia foi escrita?, Quando?, Por quem?, Com que objetivo?, O que ela realmente quer dizer?, Quem somos?, De onde viemos?, O que nos torna diferentes?, Que povo tem sua trajetória nela escrita? O que diz ela a respeito de Jesus?. A leitura do livro muito ajudará os que desejam captar de uma maneira mais convincente o significado dos textos sagrados, para aprofundamentos exegéticos posteriores. 

Na Introdução, Trevor Dennis informa que os israelitas habitavam uma pequena região a leste do mar Mediterrâneo, quando os babilônios, um povo poderoso, invadiram seu território, deixando todos numa situação desesperadora. E os invasores ainda se consideravam os maiorais, possuidores de melhores deuses, obrigando os derrotados a prestar culto aos deuses cultuados por eles. Foi então que surgiu, entre os israelitas, a ideia de escrever a história deles, proclamando a necessidade dessa narrativa ser transmitida de pai para filho, para todo o sempre! E o início dessa história foi escrita há mais de três mil anos, partes dela escritas por mulheres, a minoria. Segundo Dennis, o livro ressalta os estilos, algumas vezes poético, outras vezes engraçado, alguns formais e solenes. Inúmeros detalhes são surpreendentes, como a história de Davi e Golias, quando o primeiro deu uma bodocada no grandão, atingindo-o numa das pernas, nunca na testa. Tudo de acordo com os originais hebraicos. Um detalhe curioso, dentre centenas de fatos narrados pelos textos sagrados.

Na parte das canções iluminadas, o Antigo Testamento, ou Tanakh, possui uma coleção de poemas belíssimos, chamada Livro dos Salmos. Poemas que são canções sagradas que foram compostas ao longo de muitos séculos. Um modo de se dirigir com sinceridade a Deus, alguns sendo alegres, outros bem raivosos, acusando Deus de nada fazer para tirar o ser humano das suas aflições. Segundo Trevor Dennis, o salmo mais famoso é o 23, escrito pelos que foram torturados nas mãos dos opressores. E se inicia com uma assertiva muito conhecida: “O Senhor é meu pastor, nada me falta”.

Também Dennis manifesta preferência pelo salmo 121, que conclui proclamando que “O Senhor Deus zelará pela sua partida e pela sua chegada onde quer que você vá e o que quer que faça, agora e para sempre”.

Um livro encantador, amplamente explicativo. O Livro dos Livros, de Trevor Dennis, para os que creem, é leitura que fortifica a fé. Para os demais, um livro que muito esclarece uma espetacular caminhada histórica de um povo que se denominou Povo de Deus!

(Publicado no Jornal do Commercio, Recife, Pernambuco, 02.10.2011)
Fernando Antônio Gonçalves
 

Site criado com o sistema Easysite Acadêmico da eCliente.
ECLIENTE INFORMÁTICA