facebook
Aumentar fonte  Diminuir fonte  Indicar esta página  Imprimir esta página
CURIOSIDADES MÚLTIPLAS
 Nada melhor que uma “descontração leitural” quando prenúncios desagradáveis se configuram nos horizontes de um mundo já imerso numa crise de proporções tsumânicas, só não querendo ver aqueles que dela se aproveitam, usufruindo mais alguns trocentos bilhões de dólares. Uma crise bastante similar às da década de 20 do século passado, que propiciou a emersão de alguns assassinos inesquecíveis - Hitler, Stálin e Mussolini – que foram amplamente amparados, mais que suportados, por elites financeiras e religiosas que “ansiavam levar vantagem em tudo”, só usufruindo destruição e morte no final das contas, ainda que a lição deixada ainda não tenha sido, até hoje, devidamente assimilada.

As páginas de O Livro da Ignorância Generalizada – Perguntas e Respostas Sobre Tudo, de John Lloyd e John Mitchinson, editora Record, divertem, esclarecem e desabestalham. Seus autores são idealizadores do QI – Quit Interesting – www.qi.com -, um programa de perguntas e respostas, recentemente eleito pelo Independent como “o sétimo melhor local para se divertir em toda a Grã-Bretanha”. O site está atualmente comemorando dez anos de existência, com uma visitação cada vez mais entusiasta e fiel, com ilustrações para todos os gostos e aromas. Tal e qual o Jornal da Besta Fubana – www.luizberto.com – de quem sou frequentador diário e entusiasta de carteirinha toda manhã bem cedo, antes de iniciar minhas atividades profissionais. Nada como iniciar bem o dia com uma dose mesclada de notícias, charges, artigos, reflexões, porradas e cipoadas nos que bem merecem, contribuidoras da edificação de uma consciência nacional crítico-libertadora, botando para correr bandidos, oportunistas, salafrários dos mais variados quilates, inclusive os da vida pública brasileira. E os dos Congresso Nacional idem.

Para satisfazer o desejo dos leitores deste site muito do arretado e sempre muito aplaudido, registro algumas curiosidades recolhidas em diversos pontos do livro acima citado.    
1. O seio da rainha Maria Antonieta (1755-1793), esposa de Luís XVI, serviu de molde para fabricar a primeira taça de champanhe da História. (Imaginem os leitores se o rei fosse casado com Pamela Anderson! As taças seriam bacias!!)
2. Entre os primeiros tempos de cristandade, abster-se de tomar banho se tornou sinônimo de santidade. Santa Agnes, por exemplo, privou-se deles por toda vida. (Bem que poderia ser a Santa Padroeira das Caatingas!).
3. Anatole France, em seu A Ilha dos Pinguins, conta a história de um missionário disposto a cobrir a nudez das aves convertidas por ele. Vestida a primeira, ela passa a ser perseguida pelas demais, o que faz o missionário concluir que “o pudor comunica às mulheres uma atração irresistível”.
4. O castigo por adultério na antiga Roma era a amputação do nariz. (Para felicidade de muitos Casanovas)
5. Messalina foi a terceira esposa do imperador Cláudio. Chegou a se prostituir com o pseudônimo de Liscia, lançando um desafio às demais prostitutas de Roma para ver qual delas podia atender a mais homens em um só dia. Ela venceu de barbada. (Foi considerada, à época, a Rainha das Cacetadas!)
6. O nome do abacate surgiu por causa de seu aspecto. A palavra provém de náhuati e significa “testículo”. (Qual deverá ser a origem da palavra cenoura?)
7. Entre os séculos XII e XVIII, a Igreja identificava, nas mulheres, uma das formas do mal sobre a terra. (Ainda hoje o assunto não ficou no esquecimento!)
8. Dogging é praticar sexo ao ar livre, com gente em volta, que pode olhar ou participar do jeito que quiser. (Imagino um Campeonato Nacional de Dogging em plena Copacabana!) 
9. O pianista e saxofonista de jazz Billy Tipton, famoso entre 1940 e 1960, casou-se três vezes, mas nunca teve relações com as esposas. Dizia que havia sofrido um acidente automobilístico que o incapacitara  para o sexo. Só no momento de sua morte, as ex-esposas e os filhos adotivos descobriram que Billy era uma mulher. (Um talento totalmente despirocado!).
10. Na Espanha, na década de 1920, muitos prostíbulos eram anunciados discretamente como “galvanização de pistolas”. Notável criatividade hispânica!! Para pistolas de todos os calibres!

Quem desejar se inteirar de mais curiosidades, as sexuais em primeiro lugar, uma leitura ilustrativa por excelência é Histórias Íntimas, de Mary del Priore, brasileira pós-doutorada da École des Hautes Études en Sciences Sociales de Paris. Nele, a descrição de um jogo de amor de  Gregório de Matos: “O amor é finalmente / Um embaraço de pernas / Uma união de barrigas / Um breve tremor de artérias. / Uma confusão de bocas / Uma batalha de veias, / Um rebuliço de ancas / Quem diz outra coisa, é besta.” 

O erótico, sempre se multiplicando. Com ele, o besteirol descriativo e o chulo moleque. O deputado federal Feliciano que o diga.

(Publicada em 21.10.2013, no Jornal da Besta Fubana, Recife, Pernambuco)
Fernando Antônio Gonçalves
 
 

Site criado com o sistema Easysite Acadêmico da eCliente.
ECLIENTE INFORMÁTICA